Pernambucano à frente de comissão mista que analisará contratos do Governo

Lucio Bernardo Jr. Câmara dos Deputados (4)

O deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE) será o presidente da comissão mista instalada nesta quarta-feira (6), que analisará a MP 829/2018, referente à prorrogação de 187 contratos dos ministérios da Cultura, do Desenvolvimento Social e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações pelo prazo e até um ano. A matéria diz respeito a contratos descritos como de complexidade intelectual ou gerencial e estabelece seu prazo final até 15 de agosto de 2019, excedendo o prazo padrão máximo de cinco anos.

Sobre o trabalho da comissão, o pernambucano alega que não se trata de uma pauta polêmica e que deve ser resolvida com celeridade. “Acho que tem que ser rápido, temos até o início de agosto para apresentar relatório. São quase 200 contratos que já foram feitos há cinco anos, para auditagem, e está vencendo agora. O governo atual mandou essa MP como forma de finalizar o ciclo – ou seja, será mais um ano até que um novo governo assuma e efetivamente tome as medidas cabíveis, de fazer concurso público e etc.”, afirmou Coutinho. A relatoria ficará a cargo da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS).