CDEIC: Augusto Coutinho acerta agenda conjunta com ministro

cafe

Uma pauta conjunta entre a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC) e o ministro Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior- MDIC) irá agilizar a votação de projetos de lei que tramitam no Congresso com temas relacionados ao setor econômico e que facilitariam a vida do empresariado e empreendedores no Brasil. Durante um café da manhã com o presidente da comissão, o deputado Augusto Coutinho (Solidariedade-PE) sugeriu que fosse designado um representante do ministério para ajudar no mapeamento dessas matérias para a comissão para que fiquem prontas para irem ao plenário.

“São assuntos que temos que assumir e levar para a reunião das lideranças”, afirmou Coutinho, ressaltando a importância do elo entre o executivo e o parlamento para resolver esses entraves. O assunto será discutido em reunião da comissão na segunda quinzena de abril após levantamento dos projetos da Casa. Mauro Borges destacou a necessidade de uma “agenda prática” para resolver essas questões conflitantes.

O ministro Mauro Borges disse aos membros da CDEIC que estaria colocando toda a sua equipe técnica do ministério à disposição do grupo para resolver problemas dos mais diversos setores nos estados. “Seja na Zona Franca, no setor de calçados do Rio Grande do Sul, na indústria naval ou de refino em Pernambuco… Cada estado tem a sua problemática e nossa equipe está mobilizada para auxiliar”, garantiu.  Os deputados da CDEIC relataram suas preocupações com os setores produtivos nos seus estados fragilizados muitas vezes pela burocracia.

O presidente da CDEIC agradeceu ao ministro a proposta de interação entre o Executivo e Legislativo e reforçou que a comissão agrega todos os sentimentos da sociedade brasileira com parlamentares qualificados para agilizar os processos em parceria com o ministério. Mauro Borges disse que trabalhará pela desburocratização e pretende já na próxima semana lançar um portal único do comércio exterior para modernizar, simplificar e agilizar as operações de importação e exportação de bens e mercadorias, com maior rapidez.