Solidariedade recorre ao STF para ter direito total a Fundo Partidário

O Partido Solidariedade (SDD) ajuizou ação de inconstitucionalidade, no Supremo Tribunal Federal, com pedido de liminar, para assegurar a sua inclusão – como nova legenda devidamente registrada no Tribunal Superior Eleitoral – no rateio de 95% do Fundo Partidário, em situação idêntica aos demais partidos cujas bancadas foram eleitas e formadas a partir dos resultados do pleito de 2010 (atual legislatura).